< Ver todas as notícias

Rasen Bier 10 anos

06/12/18, por FESTURIS

Rasen_platz_gramado.jpg

 

A Rasen Bier completou 10 anos e para comemorar realizou um evento na noite de terça-feira, dia 04 de dezembro. A comemoração teve música ao vivo, coquetel com diversos pratos da culinária germânica, muito chopp e ocorreu no Rasen Platz, empreendimento localizado na Rua Coberta de Gramado.

Centenas de convidados, incluindo amigos, colaboradores, autoridades e imprensa compareceram no local. A noite também marcou o lançamento de uma cerveja especial, comemorativa aos 10 anos da Rasen Bier, com rótulo homenageando pontos turísticos históricos da Serra Gaúcha: a Catedral de Canela, o Lago Negro de Gramado, o Pórtico de Taquara e a Estação Ferroviária de Canela. "É um orgulho para toda nossa equipe reunir amigos e incentivadores que fizeram parte destes 10 anos de história", destacou um dos sócios, Rodrigo Thiele da Luz. Os irmãos e sócios Augusto e Guilherme Schwingel Luz relembraram momentos históricos da empresa como o início de tudo, quando as garrafas eram rotuladas manualmente por eles, fazendo uma alusão ao início desafiador. A noite contou ainda com homenagens ao primeiro cliente, empresa Di Paolo, primeiro fornecedor, Chopeiras Eltz e ao mestre cervejeiro Sady Homrich, que tiveram papel de destaque durante os 10 anos.


História

A história da Rasen Bier começou bem antes do primeiro malte ser moído no pavilhão da Rua Cândido Godói, em Gramado, há dez anos. A semente do gosto pela cerveja, da inovação e do empreendedorismo foi cultivada pelos pais e avós dos três fundadores: os irmãos Guilherme e Augusto Schwingel Luz, e o primo Rodrigo Thiele da Luz. Guilherme e Augusto eram crianças quando o avô, o empresário Renaldo Henrique Schwingel, vendeu sua parte em uma empresa de transportes e comprou uma pequena fábrica de chocolates da cidade, a Lugano. Mais tarde, o pai, Francisco Terres Luz, chamou a atenção dos filhos para a produção da cerveja, como um filão a ser explorado em Gramado. Além deles, a mãe dos jovens empreendedores, Rosmari Schwingel Luz, ofereceu um incentivo: o dinheiro da venda de um apartamento na cidade, montante que os dois irmãos adiantaram por meio de um empréstimo.

 

Foi nesse momento que Augusto e Guilherme chamaram o primo, Rodrigo, para se unir a eles na empreitada. Os primeiros caminhões com o maquinário para a fábrica chegaram no final do inverno de 2008. Naquele período inicial, a Rasen Bier não chegava a operar com a capacidade produtiva máxima, cerca de 10 mil litros por mês, e a primeira tentativa de levar a Rasen a um público maior foi por meio de eventos e festivais nas cidades próximas. Na busca por novos mercados, a escolha natural foi Porto Alegre, e o apoio de um amigo nesse período foi fundamental: o burgo-mestre Sady Homrich, de grande importância para o desenvolvimento do trio de empreendedores.

 

Na sequencia, iniciou-se a produção de uma segunda receita de cerveja elaborada pela mestre cervejeira Kátia Jorge: a Rasen Bier Dunkel. A cerveja tornou-se a mais premiada da empresa, conquistando a medalha de Ouro em sua categoria no 3º Concurso Brasileiro de Cervejas de 2012, e duas vezes medalha de Ouro — em 2016 e 2017 — na categoria comercial Lager Styles German Schwarzbier no Concurso Brasileiro de Cervejas de Blumenau. Em 2010, inspirados pelas visitações feitas às chocolaterias e em uma tentativa de se aproximar dos seus consumidores, a Rasen Bier abriu as portas aos visitantes. Na fábrica, as visitas guiadas dos turistas inspiraram a criação de um bar que atendesse os consumidores após o tour e oferecesse a degustação dos produtos e a venda de chope e cervejas disponíveis.



Realização